Calculadora da Previdência: quantos anos você terá que trabalhar?

Para responder às dúvidas da categoria sobre quanto tempo cada uma terá que trabalhar até poder se aposentar, além de quanto tempo a mais precisará contribuir para ter direito à aposentadoria integral, caso a reforma da Previdência pretendida pelo governo Bolsonaro seja aprovada, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) desenvolveu a calculadora da aposentadoria que faz a matemática e responde a essas questões que agora são pautas frequentes na vida dos trabalhadores.

Para fazer o cálculo, o trabalhador precisa informar seu vínculo (trabalhador do regime geral, professor do ensino básico celetista, agricultor familiar, trabalhador assalariado rural, servidor público ou professor servidor público), sua data de nascimento e quanto tempo de contribuição. Por exemplo, uma jovem que tenha completado 18 anos em setembro de 2001 e que tenha começado a dar aulas na educação infantil em fevereiro do ano seguinte, após se formar no magistério. Se ela tiver trabalhado ininterruptamente desde então, soma 17 anos e um mês de sala de aula e de contribuição.

Nesse caso, apenas jogando essas informações na calculadora, ela diagnostica que, pela regra atual, com, pelo menos, mais 16 anos e dois meses de contribuição, a professora poderá se aposentar aos 51 anos. No entanto, pela proposta do governo, ela só poderá se aposentar aos 60 anos, com mais 22 anos e 11 meses de contribuição. Ou seja, caso a proposta seja aprovada, a professora em questão terá que contribuir por mais seis anos e nove meses para ter direito à aposentadoria integral e terá oito anos e quatro meses de idade a mais.

A comparação torna a calculadora do Dieese uma ferramenta extremamente útil de esclarecimento dos trabalhadores mostrando eventuais prejuízos e, justamente por isso, é um importante instrumento para comparar os direitos atuais e futuros, caso a reforma venha a ser aprovada no Congresso Nacional.

Teste a Calculadora da Previdência

























 
|
| Imprimir